Blog 'never forget me.' no Facebook. Clica aqui.

19.7.11

:'


É assim que queres seguir? Usares-me quando precisas, deitar-me fora quando não precisas? Não é a 1º nem a 2º, nem mesmo a 3º vez que acontece isto. Mas, que posso fazer eu? Passo por ser a má da fita, passo por ser aquela que não lutou e que desistiu ao primeiro momento mas, não o foi. Foi sim, a pessoa que teve olhos para ver como estava tudo. Mas nada disto serve pois não? Pois, receio que a resposta seja mesmo não. Mas temos de continuar assim? Faço-te perguntas, dizes que não. Fazem-te a mesma pergunta mas, vinda de uma pessoa diferente, dizes sim sem pensar. Como queres que me sinta? Bem? Contente? Pois bem é mais o contrário disto tudo. Pus-me a pensar imensas vezes, para tentar descobrir o que fiz de mal mas sabes o que encontro? Imensas coisas mas não as entendo. Não sei se são certas ou erradas. Volto à estaca zero. Desta vez poderá ser mesmo um adeus. 

7 comentários:

branwyn disse...

alguém que nos faz sofrer vezes e vezes sem conta, não nos merece :'c

Maria disse...

Há que saber os limites das coisas, e tentar com que os erros não se repitam demasiadas vezes.

Maria disse...

É sempre a parte mais difícil, mas um dia tem de ser*

sofiarc disse...

amor, passou-se algo que me esteja a escapar? :o
amo-te (L)

diana $: disse...

há sempre alguém a magoar-nos constantemente qerida $:

Beatriz Silva ; disse...

Não podes deixar que ele te use. Tens de mostrar que não precisas dele. E, quando ele te tentar usar, pensa em tudo o que ele já fez e verás que com essa tristeza que sentes, vai ser mais fácil dizer "não" a tudo. E talvez um "adeus" seja o melhor. Tu não deves fazer da tua vida um mar de sofrimento. Nunca senti que a minha o fosse, mas já sofri... e disse que não queria mais aquilo para mim. E lutei para que as coisas mudassem! E mudaram. Devias fazer o mesmo.. ( é apenas a minha opinião e uma pequena força! ).
Boa sorte*

Beatriz Silva ; disse...

Digo exactamente o mesmo.. e eu também me fartei disso nas pessoas e há quase um ano fartei-me também das mentiras da minha (ex)melhor amiga. E foi fácil virar-lhe as costas e dizer: "não. Não é isto que eu quero que a minha vida seja. E se não é isto, então eu não vou contribuir para que isto continue. Por muito que goste de ti.. cada dia que passa faz-me pensar se valerá mesmo a pena continuar esta mentira sabendo que o sofrimento que me causas é maior do que aquilo que sinto por ti." e íamos fazer um ano de melhores amigas. Mas continuei a chamar-lhe "melhor amiga" porque queria e porque ela talvez fosse a única pessoa que tinha. E sentia necessidade dela. Percebes? (:

(ainda me lembro exactamente do que disse e do que fiz.. mas não me arrependo de nada. Até porque nessa altura deu para ver quem eram as pessoas que estavam do meu lado. Quatro.. agora são duas. E é incrível como as pessoas que ficaram para trás se prejudicaram a si próprias com as acções delas e agora são elas que querem voltar para mim mas quando eu digo "não" é "não") (: